“A Arte do Suspenso” – Ana Hatherly

 

cartazahatherlyRealiza-se dia 28 de Março, pelas 17h30, na Biblioteca Municipal de Ponte de Sor, a inauguração da exposição “A Arte do Suspenso” de Ana Hatherly, seguida de conferência com o título “O Jogo ou a Arte do Suspenso”, pelo Dr. Paulo Pires do Vale, às 18h30, no mesmo local.  

Esta actividade é organizada pela Câmara Municipal de Ponte de Sor, Fundação das Casas de Fronteira e Alorna, Galeria Ratton e A Loja do Lopes e estará patente ao público até dia 28 de Abril de 2009.

 

 

 

 

 

 

 

Nesta exposição de desenhos e azulejos de Ana Hatherly, obras dos anos 70 até ao presente, evidencia-se uma característica que tem acompanhado, como um texto sob o texto, o seu trabalho académico, poético e a prática artística: o conceito de jogo. Não na leitura superficial e apressada do lúdico, mas a consequência da experiência antropológica essencial, tão antiga quanto o próprio homem, de um “ser que joga”. Estar em jogo: entre a liberdade e a regra, o conflito e a festa, a sorte e o cálculo, o brincar e o mistério. No conceito labiríntico de ludus encontramos também uma enigmática chave de acesso à obra de arte: o jogo da criação. No caso de Ana Hatherly um jogo de escrita, de inteligência e perícia, de signos e sentidos suspensos, ambíguos, múltiplos. Afinal, “a ambiguidade é a arte do suspenso”(A.H.).

 

Poeta, ensaísta, cineasta, tradutora e artista plástica, Ana Hatherly nasceu no Porto em 1929, vive e trabalha em Lisboa. Licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, diplomada em Estudos Cinematográficos pela London Film School e Doutorada em Literaturas Hispânicas pela Universidade de Berkley, Califórnia (EUA), Ana Hatherly é Professora Catedrática de Literatura Portuguesa na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e fundadora do Instituto de Estudos Portugueses na mesma Universidade. É ainda membro do PEN Club português, de que foi presidente.

 

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Azulejo, conferência, desenho, exposição, Técnica mista. ligação permanente.

Uma resposta a “A Arte do Suspenso” – Ana Hatherly

  1. jose barrias diz:

    O que fica suspenso entre nós querida ANA HATHERLY (AH!) é uma TISANA… Uma última Tisana que há muitos anos a Ana me prometeu durante um passeio ao PONTO FINAL. Essa derradeira prometida Tisana da Terra Anantártica e Fantástica de onde a Ana é natural, inspirar-se-ia num escrito mural e simultâneamente moral porque reconduzível, dado o seu esperançoso conteúdo, aos dias imediatamente sucessivos ao 25 de Abril de 1974… Hoje é quase ilegível, mas dizia, literalmente, assim: “no dia em que todas as putas forem jogar a ténis!”. Relembro-lhe que esse grafite anónimo se encontra do outro lado do Tejo (do ponto de vista da margem lisboeta), num muro que confina precisamente com o restaurante PONTO FINAL… Se por acaso a Ana não tiver vontade de escrever essa última Tisana (assim combínámos na altura, que seria a última do ciclo ) proponho então que entre nós se mude o nome PONTO FINAL para RETICÊNCIAS. O que seria até mais adequado à “suspense” que rodeia esta tarde toda sua e à qual eu me associo sem reticências, mas com um forte e misterioso abraço (.) Seu José Barrias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s